quarta-feira, 4 de abril de 2012

EXPULSOS PARA O ACRE

No início do século XX, cerca de 2000 pessoas do Rio de Janeiro (então Capital do Brasil) que cometiam crimes desde roubar um prato de comida à assassinato, os que o governos consideravam como criminosos políticos como  os da Revolta da Vacina e Revolta da Chibata, foram levados para o Acre. "Por ser considerado distante, vasto, isolado e vazio, o território era visto como um local adequado para receber os revoltosos."

Fonte: Revista da Biblioteca Nacional - Junho/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário