quarta-feira, 3 de outubro de 2012

TUDO PELA ARTE

O bordão que se popularizou para defender o direito de e o gosto de utilizar: expressões, objetos, atos repugnados pela opinião pública em filmes, fotografias, peças teatrais, artes plásticas... cai bem em algumas realizações que vemos pela internet. E aqui quero utilizar uma expressão da professora de Artes, Vera Lúcia da Silva Costa (daqui de Lajes) para expressar minha opinião sobre o tratamento que dão à esta temática no Brasil: o ensino de Artes ainda é vista por alguns como de menor importância..." Certamente a não valorização desta disciplina por parte da sociedade em si, da maior parte dos alunos e da maioria dos gestores, é pelo simples fato de não ser uma disciplina ligada diretamente ao mercado de trabalho formal, isso porque todos sabemos que no imaginário social: "fazer arte/cultura é coisa de vagabundo". infelizmente essa é a realidade onde só são considerados artistas àqueles que estão na TV.


Fotos via facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário