quarta-feira, 1 de outubro de 2014

ÔNIBUS É ARRASTADO EM CHEIA NO RS


Do G1 RS

Após a chuva, cidades do Rio Grande do Sul contabilizam os estragos nesta quarta-feira (1), como mostra reportagem do Bom Dia Rio Grande, programa da RBS TV (veja o vídeo). Segundo a Defesa Civil, em Santa Rosa, na Região Noroeste, 200 pessoas estão desalojadas. Cerca de 250 casas foram alagadas pelo Rio Pessegueirinho, que corta a cidade, e 60 famílias tiveram que deixar suas residências. No interior do município, 10 pontes foram destruídas pela correnteza. Choveu mais 30 mm em Porto Mauá, até as 13
horas, totalizando 225 mm (Foto: Vilson Winkler/
Prefeitura de Porto Mauá)

Em Cerro Largo, na Região das Missões, 40 pessoas estão desabrigadas e foram levadas ao Ginásio Municipal. Já em Campina das Missões são quatro famílias desalojadas, enquanto em São José do Inhacorá são duas.

Na fronteira com a Argentina, em Porto Xavier e Porto Mauá, o nível do Rio Uruguai continua a subir. Está 10,5 metros acima do nível normal. A travessia da balsa teve que ser interrompida e comerciantes instalados próximos à aduana tiveram que retirar as mercadorias. Como as barragens de Itá e Foz do Chapecó estão abertas, a previsão é de que o rio chegue a 15 metros acima do nível.

Em Santo Cristo, um ônibus foi arrastado pela cheia do Rio Anandu na terça-feira (30), que passou por cima de uma ponte. O motorista, cobrador e passageiros ficaram assustados, mas ninguém ficou ferido. Uma máquina da prefeitura retirou as três pessoas do veículo.
 
Patrola da prefeitura ajudou no socorro de ônibus em Santo Cristo (Foto: Prefeitura de Santo Cristo/
Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário