sábado, 25 de outubro de 2014

Resgatados 156 trabalhadores em situação de escravidão no PI

 
 Aliny Gama
Do UOL, em Maceió

As polícias Federal e Rodoviária Federal, em conjunto com a SRTE (Superintendência Regional do Trabalho e Emprego), resgataram 156 trabalhadores de situação de trabalho análogo ao de escravos nos municípios de Picos (a 314km de Teresina), Ilha Grande do Piauí (a 348km de Teresina) e Luís Correia (a 349km de Teresina), no Piauí.
A ação ocorreu entre os dias 2 de setembro e 2 de outubro, mas só foi divulgada nesta sexta-feira (24). Três empresas envolvidas foram interditadas e multadas.
O grupo trabalhava na extração do pó da palha de carnaúba e vivia em situação degradante. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, os trabalhadores não tinham acesso a água potável e matavam a sede com água obtida em buracos cavados em leitos de rios, que era armazenada em vasilhames reutilizados.
Auditores fiscais informaram ainda que as refeições dos trabalhadores eram preparadas em buracos cavados no chão e que eles se alimentavam sentados no chão ou em troncos de árvores.
Foram constatadas ainda situações irregulares de instalações sanitárias – os trabalhadores faziam as necessidades fisiológicas no mato, já que não havia banheiro.

Fonte: Notícias Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário