sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Quilombo de Palmares Resistiu por 65 Anos. Como isso foi possível?

Nota de Cícero - Alguns textos e gravuras dão entender que Palmares era uma verdadeira Fortaleza,  com torre de observação e um arsenal de armas e munições utilizados na própria Colônia. Mas como isso chegou em Palmares? Sua relação com povoados próximos e a diversidade de pessoas que o habitavam dão uma pista. De certa forma Palmares tem alguma semelhança com Canudos, guardadas as proporções e a diferença de época e propósito. Em ambos houveram comércio com outros povos; uma certa organização social por meio de lideranças; cultura de subsistência; e resistência em um período prolongado;

"Embora a população dos quilombos fosse composta principalmente de africanos e seus descendentes, havia também entre eles indígenas ameaçados pelo avanço europeu, soldados desertores, gente perseguida pela justiça ou simples aventureiros e comerciantes."

"A vida nos quilombos estava ligada a uma série de atividades: agricultura, caça, coleta, mineração e comércio. Seus integrantes sustentavam-se por meio de alianças clandestinas com escravos de gano ou libertos e homens livres, principalmente comerciantes."

"Em Palmares, os quilombolas criavam gado e cultivavam milho, feijão, cana de açúcar e mandioca, além de realizarem um razoável comércio com os povoados próximos."
Fonte: COTRIM, Gilberto, 1985 - História Global - Brasil e Geral - volume único / Gilberto Cotrim - 8. ed. - São Paulo: Saraiva, 2005

Nenhum comentário:

Postar um comentário