sexta-feira, 16 de outubro de 2015

FESTA DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO FOI AMBIENTADA NO INTERIOR DE ANTIGAMENTE


Antigamente foi um dia desses, já que até um dia desses observávamos alguns elementos da ornamentação presentes em nossos recintos comerciais, os famosos bares e bodegas, só falou feijão, açúcar e farinha (risos). Observamos alguns elementos muito comuns: os litros de cachaça, um rádio,  uma balance de bandejas, lugar para pendurar copos, confeiteira, um quadro pendurado na parede, um tamborete, alguém tocando violão de vez em quando, um pano de prato, e muita gente animada.

Lembra os senhores Jacildo (Bar na Praça Central), Pedro Apolônio (bodega na Rua Ramiro Pereira), Luiz Pedro (bar na entrada/saída da cidade), seu Jacinto (bar na Rua Mariana Gomes/Rua da Palha/ Bairro Antônio de Melo), Miguel Antunes, seu Anório (dentro do mercado) entre outros!

Em meu Facebook a Secretária de Educação, Irene Martins, falou da dificuldade em conseguir o material, pois muitos já se desfizeram dos objetos. A fala de Irene reforça a necessidade urgente que temos da construção de um museu com as coisas de Lajes.

Parabéns pela ideia!

Por aqui tem gente contente
Tem causos acontecidos
Pobre que de repente
Fica bebo, brabo e rico
Isso é Lajes do Cabugi
Terra de lendas e mitos.  (Cícero Lajes: Se Lajes Fosse um Cordel)


Fotos do Facebook de Abraão Marques, Jane Carla e Flaudenízia

Nenhum comentário:

Postar um comentário