segunda-feira, 13 de junho de 2016

VOLUME DA BARRAGEM ARMANDO RIBEIRO GONÇALVES É CRÍTICO

 Foto: DNOCS

A estação chuvosa no semiárido potiguar praticamente chegou ao fim, as chuvas desse ano ainda não foram suficientes para recuperar a segurança hídrica da Barragem Armando Rieiro Gonçalves, mas pelo menos deu uma sobrevida ao reservatório já que nas previsões do início do ano era que ela viesse a secar totalmente em outubro caso não tomasse água.

No período mais crítico de sua história a Armando Ribeiro Gonçalves chegou na casa dos 19% de sua capacidade, o menor volume desde sua construção. A boa notícia é que no período mais chuvoso do ano ela foi à casa dos 24% em Abril, e deve fechar junho na casa dos 13%.

As medidas de racionamento ainda tornam-se necessárias uma vez que a previsão da chegada das águas da Transposição do Rio São Francisco só chegue em Dezembro, a dúvida é se realmente chegará nesse período e se ate lá a barragem ainda terá água suficiente para ser captada pelas adutoras que dependem dela.

Data de Verificação      Capacidade            Volume Atual           Porcentagem
 11/04/2016                   2.400.000.000,00       557.573.333,00       23,23% do Volume

Data de Verificação      Capacidade            Volume Atual          Porcentagem
 08/06/2016                    2.400.000.000,00      537.467.333,00        22,39% do Volume

Data de Verificação        Capacidade          Volume Atual           Porcentagem
  12/06/2016                    2.400.000.000,00     533.744.000,00       22,24% do volume

Fonte do volume: SEMARH

Nenhum comentário:

Postar um comentário