terça-feira, 6 de junho de 2017

PALESTRA SOBRE RECICLAGEM E ENTREGA DE FARDAMENTO NA SEMANA DO MEIO AMBIENTE

 Na tarde desta terça, 06/06/2017, aconteceu uma palestra no Centro Pastoral proferida por Kilza, representante da Cáritas, entidade ligada à Igreja Católica que atua especialmente junto aos segmentos sociais menos favorecidos.

Kilza abordou temas como:bioma, coleta seletiva, reciclagem, clima... e foi mais uma que se dispôs a voltar mais vezes em Lajes para trazer sua experiência. Seguiram na mesma linha de raciocínio e com boas contribuições o Coordenador de Meio Ambiente Canindé Rocha e a ambientalista Gorete Santos. Antes deles, a Secretária de Agricultura e Meio Ambiente Eliane Santos e,  o Secretário de Comunicação pedro Alves deram uma palavrinha elogiando o trabalho dos garis e catadores e suas importâncias para o lugar onde residem. Josilanny Swerdy fez a divulgação de uma ação feita especialmente para os trabalhadores da limpeza a pedido de um funcionário, falando ainda que as ações nesse sentido terão continuidade.

Depois da palestra foi feita a entrega de um kit aos catadores autônomos de nossa cidade (luvas, botas, calça e camisa. A ex Secretária de Agricultura e Meio Ambiente Jane Carla, esteve presente e em sua fala demonstrou bastante felicidade, pois desde sua gestão que ela tentava a aquisição do fardamento, conseguindo uma parte que foi complementada agora. O evento teve uma boa participação dos garis e representantes das Secretarias de: Educação, Saúde e Comunicação.

Organização SEMAGMA (Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente);
Prefeitura Municipal de Lajes

SEMANA DO MEIO AMBIENTE - MOSTRA DO PROJETO CAATINGA POTIGUAR E PALESTRA DE ROSE DANTAS

Continuando a programação da Semana do Meio Ambiente, que iniciou-se à tarde; à noite no Centro Pastoral o pessoal do Projeto Caatinga Potiguar esteve fazendo uma breve apresentação de seus estudos na área de Lajes, com foco em morcegos e mamíferos de médio porte. 

Fizeram a apresentação o professor UFRN Dr Eduardo (Coordenador dos estudos), o doutorando Paulo Henrique mamíferos de médio porte) e a mestranda Eugênia (quirópteros / morcegos). Foi uma breve mas boa apresentação com dados interessantes sobre a fauna estudada e catalogada, também teve dados importantíssimos sobre a situação da Caatinga no Nordeste e no RN. Essa apresentação merece ser levada a outros públicos.

Rose Dantas, Secretária do meio Ambiente de Ceará Mirim, expôs algumas das realizações de sua secretaria na área ambiental: revitalização de olheiro, atuação em Unidades de Conservação, Projeto de cinema na área ambiental e parceria com vários órgãos. Rose se dispôs a ajudar Lajes no tocante aos seus projetos na área ambiental.

O público foi formado por alunos da Escola pedro II e diversos professores de Lajes. O evento ainda teve uma mesa formada pelas seguintes autoridades:
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
José Marques Fernandes, Prefeito de Lajes
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Eliane Santos, Secretária de Agricultura e Meio Ambiente de Lajes
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Canindé Rocha, Coordenador Municipal do Meio Ambiente de Lajes (SEMAGMA)
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Lucimar Lopes, Presidente do CBH (Comitê da bacia Hidrográfica do Rio ceará Mirim.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Professor da UFERSA Zamir, prestará uma assessoria técnica quanto a coleta seletiva em Lajes.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Gorete Santos, mediadora das apresentações da noite.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Professor Dr Osvaldo, Coordenador dos estudos do projeto Caatinga potiguar.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Paulo Henrique, doutorando com foco nos mamíferos de médio porte.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Eugênia, mestranda com foco nos quirópteros / morcegos
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Rose Dantas, Secretária do Meio Ambiente de Ceará Mirim

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA SOBRE O MEIO AMBIENTE DE LAJES

 Nesta segunda, 05/06/2017, teve início a Semana do Meio Ambiente, e em Lajes iniciou-se com uma exposição com elementos que compõem o meio ambiente do município e arredores. As fotos foram feitas por Cícero Lajes e o pessoal do Projeto Caatinga Potiguar, que tem um grande campo de estudos em Lajes. As fotos do Projeto foram capturadas por câmeras armadilhas, disparadas por sensor aos bichos passarem na frente destas tanto de dia quanto à noite.

A exposição aconteceu à tarde na Tamarineira, primeiro monumento ambiental tombado em Lajes; à noite no Centro Pastoral onde ocorreu também uma palestra. A exposição segue nesta terça à tarde no Centro Pastoral.

Organização: SEMAGMA (Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente) / Prefeitura de Lajes.

Parceiros: Cícero Lajes e Projeto Caatinga Potiguar

sábado, 3 de junho de 2017

NORDESTE DE ANTIGAMENTE: O GALÃO

No Nordeste, galão não significa somente galo grande, é também uma forma de um humano transportar água. Trata-se de um pau mais ou menos reto (de preferência de caraúba), de mais ou menos um 1,30 m; com um pedaço de ferro, corrente ou corda em cada extremidade; a ponta do ferro ou corrente é dobrada para encaixar-se no grampo colocado nas latas ou baldes. 

Antigamente eram usados baldes de zinco, depois, as latas de tinta, e mais recentemente os baldes de plástico. Com a construção das cisternas pelo Governo Federal e o Programa Carro Pipa, os galões foram perdendo serventia, pois eram usados para levar água das cacimbas, barreiros e açudes até às casas, tanto homens como mulheres e crianças diariamente percorriam até 1 km. Quando o local da água era um olho d'água em lugar remoto, os jumentos transportavam nos barris. 

Hoje o galão é usado mais para levar o comer dos porcos, uma vez que os chiqueiros ficam mais afastados das casas devido o mau cheiro. 

As fotos são na Comunidade Salgadinho, Lajes RN.

HOJE TEM O I BAILE DO REENCONTRO DA ESCOLA PEDRO II

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Em enchente no Pernambuco, menina escolhe salvar livros

A foto de uma menina de 8 anos sendo resgatada de uma enchente no interior de Pernambuco em uma jangada e agarrada a uma mochila está comovendo as redes sociais. Quando a enchente invadiu a casa da criança, identificada apenas como Rivânia, a avó recomendou que ela salvasse das águas o mais importante.

A menina correu e colocou todos os seus livros dentro de uma mochila colorida, deixando para trás brinquedos e roupas. Ajoelhada na jangada, Rivânia aparece nas fotos abraçada com a mochila. De acordo com testemunhas, a criança ficou assim até que todos estivessem salvos: ela e os livros.

Criada pelos avós Maria Ivânia e Eraldo Luís, Rivânia mora no distrito de Várzea do Una, no município de São José da Coroa Grande, Zona da Mata Sul de Pernambuco. Às margens do Rio Una, essa é uma das das 24 cidades do estado em situação de emergência devido às chuvas que estão caindo sobre o Nordeste.

Segundo informações da Prefeitura de São José da Coroa Grande, a família já voltou para a sua residência, mas está em situação precária. Eles moram no imóvel há três anos e essa teria sido a primeira vez em que foram atingidos por uma enchente. Agora, passado o susto, eles pensam em deixar o local.

Nas redes sociais, várias pessoas elogiam a atitude da menina e ainda falam em ajuda:

“A melhor de todas as imagens. Que Deus possa iluminar os caminhos dessa criança, colocando-lhe a fé o amor e a sabedoria. Ela já é uma guerreira.”

“As crianças são o futuro desse Brasil! Que Deus te abençoe, e proteja todos os que estão precisando de ajuda nesse momento tao difícil.”

“E a lágrimas não para de cair . Aqui em Barra de Sirinhaém não teve enchentes mas eu sinto a dor dos meus coleguinhas das cidades vizinhas. O cenário de guerra é desolador.”

“Essa merece um livro em sua homenagem, intitulado "A menina que salvava livros"

As chuvas em Pernambuco atingiram mais de 40 mil pessoas, sendo 39.725 desalojados e 3.560 desabrigados. Cinco pessoas morreram. Conforme balanço da Defesa Civil, 24 municípios do estado estão em estado de emergência.
Fotos: Válter Rodrigues - Blog Tenório Cavalcante

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DO MEIO AMBIENTE DE LAJES


VÍDEOS E FOTOS DO I ENDURO DO CABUGI. SHOW!


ATENÇÃO MOTORISTAS QUE TRAFEGAM PELA BR-304 >> “Ponte de Assú” será interditada para veículos pesados por 90 dias

Principal ponte que liga Mossoró a Natal passará por recuperação de sua estrutura de sustentação.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) emitiu comunicado na tarde desta quinta-feira, 1º de julho, confirmando a interdição a ponta Felipe Guerra por 90 dias, para fluxo de veículos com peso acima de 24 toneladas.

A ponte, situada na BR-304 está situada no quilômetro 115,3, logo após a cidade de Assú no trecho entre Mossoró e Natal. A interdição do trecho de 585 metros será encaminhada para recuperação e reforço e reabilitação da estrutura de sustentação.

Neste período os veículos que circulam no sentido Natal-Mossoró devem utilizar um desvio a partir do entroncamento com a RN-118 (São Rafael), seguindo até a BR-226, entroncamento com a RN-233 até retornar a BR-304.

Para os veículos que trafegam no sentido Mossoró-Natal o desvio começa no entroncamento da RN 016/233 para Assú, seguindo pela BR-226 até o entroncamento com a RN-118, seguindo até chegar novamente a BR-304.


VEM AÍ: FESTIVAL REGIONAL DE QUADRILHAS ESTILIZADAS

CALENDÁRIO DO ARRAIÁ DAS ESCOLAS

quinta-feira, 1 de junho de 2017

AINDA DOS JELS 2017 - ATLETISMO

Os Jogos Escolares de Lajes (JELS), é a competição esportiva entre as escolas do município desde os anos 90. A competição deixou boas histórias e uma saudosa rivalidade entre as escolas Eloy de Souza e Olímpio Procópio (esta fechada atualmente).

Viu surgir um mito do salto em distância: Alexandre (Conselheiro Tutelar), de um salto, atravessou a caixa de areia quebrando as tábuas que seguravam a areia; viu a escola Francisco Garcia vencer muitas provas no atletismo; foi um dos charmes do Estádio Severino Moura do Vale... Mas as maiores disputas mesmo se davam no futebol e futsal, com gritos de guerra, torcida empolgada, vaias, aplausos, assovios, provocações... mas acima de tudo a diversão.

Os JELS passou alguns anos sem ter edição e voltou em 2016 por ocasião da passagem da Tocha Olímpica. este ano teve mais uma edição, da qual acompanhei minhas categorias esportivas preferidas: corrida e salto em distância.