quinta-feira, 22 de maio de 2014

FOTO DO DIA , PRESENTE DA NATUREZA: ARANHA


Meu amigo Francisco (Chico dos Livros) você conhece essa? Ela mora no quintal da minha casa faz um bom tempo, mais precisamente no pé de acerola. Caso o amigo saiba algumas informações dessa belezura, mande como comentário nesse blog ou no Facebook. 

GRUPO ONÇA PINTADA(GOP)
Olá, amigo Cícero. Parabéns pela excelente captura(foto)! Essa eu conheço. ela é bastante comum.

Conhecida popularmente como Aranha de prata, aranha de teia ou ou aranha de jardim(Argiope argentata),esse aracnídeo pertence a ordem Araneomorpha e a família Argiopidae. Essa aranha pode medir de 3 a 5cm em média e é encontrada comumente na vegetação aberta e em jardins. seu abdome e cefalotórax é de cor prateada com patas de cores alternadas de amarelo e preto. constroem teias orbiculares,ficando normalmente de cabeça para baixo,alimentando-se de pequenos insetos que caem na teia.

As teias dessa espécie e de algumas aranhas da família Argiopidaeapresentam uma curiosidade. Geralmente existe de uma a quatro faixas em zig-zag entre dois raios adjacentes. Tal estrutura, que tipicamente ocorre em forma de “X”, é de nítida percepção, recebe o nome de estabilimento (Fig. 2). As principais hipóteses que tentam explicar a função adaptativa do estabilimento são: (1) camuflagem, a aranha fica posicionada de tal forma no centro da teia que as pernas e o corpo se confundem com o estabilimento; (2) sinalização, a teia fica mais visível a pássaros que desviam da teia; (3) atração de insetos, o estabilimento reflete os raios ultravioleta, auxiliando na captura de insetos. Tal estrutura ocorre, também, em outras espécies diurnas, e são possíveis outros formatos, tais como espirais em volta do centro da teia.
Apresenta glândulas de veneno,sendo o veneno utilizado para paralisar suas presas. Ela é considerada inofensiva para o ser humano, a menos que a pessoa seja alérgica.

Argiope argentata tem ocorrência dos EUA até Argentina, no extremo sul da América (LEVI, 2004), e se mostra adaptada a viver em ambientes transformados pela ação do homem, podendo ser encontrada em locais como pastagens, lavouras,capoeiras (GARCIA et al., 2004) e locais bem urbanizados, como em jardins junto às residências (BRAZIL et al., 2005) e matas. A. argentata possui ampla distribuição geográfica, sendo encontrada na Amazônia, na Mata Atlântica e em biomas intermediários a eles,como Caatinga e Cerrrado.

Um comentário:

  1. Olá, amigo Cícero. Parabéns pela excelente captura(foto)!
    Essa eu conheço. ela é bastante comum.
    Conhecida popularmente como Aranha de prata, aranha de teia ou ou aranha de jardim(Argiope argentata),esse aracnídeo pertence a ordem Araneomorpha e a família Argiopidae. Essa aranha pode medir de 3 a 5cm em média e é encontrada comumente na vegetação aberta e em jardins. seu abdome e cefalotórax é de cor prateada com patas de cores alternadas de amarelo e preto. constroem teias orbiculares,ficando normalmente de cabeça para baixo,alimentando-se de pequenos insetos que caem na teia.
    As teias dessa espécie e de algumas aranhas da família Argiopidaeapresentam uma curiosidade. Geralmente existe de uma a quatro faixas em zig-zag entre dois raios adjacentes. Tal estrutura, que tipicamente ocorre em forma de “X”, é de nítida percepção, recebe o nome de estabilimento (Fig. 2). As principais hipóteses que tentam explicar a função adaptativa do estabilimento são: (1) camuflagem, a aranha fica posicionada de tal forma no centro da teia que as pernas e o corpo se confundem com o estabilimento; (2) sinalização, a teia fica mais visível a pássaros que desviam da teia; (3) atração de insetos, o estabilimento reflete os raios ultravioleta, auxiliando na captura de insetos. Tal estrutura ocorre, também, em outras espécies diurnas, e são possíveis outros formatos, tais como espirais em volta do centro da teia.
    Apresenta glândulas de veneno,sendo o veneno utilizado para paralisar suas presas. Ela é considerada inofensiva para o ser humano, a menos que a pessoa seja alérgica.
    Argiope argentata tem ocorrência dos EUA até Argentina, no extremo sul da América (LEVI, 2004), e se mostra adaptada a viver em ambientes transformados pela ação do homem, podendo ser encontrada em locais como pastagens, lavouras,capoeiras (GARCIA et al., 2004) e locais bem urbanizados, como em jardins junto às residências (BRAZIL et al., 2005) e matas. A. argentata possui ampla distribuição geográfica, sendo encontrada na Amazônia, na Mata Atlântica e em biomas intermediários a eles,como Caatinga e Cerrrado.

    Fonte:http://seresvivosdorn.blogspot.com.br/2010/04/aranha-de-jardimargiope-argentata.html

    ResponderExcluir